• Mais Proteção Financeira

Previdência Privada: a melhor ferramenta de redução tributária e incentivo ao investimento

Manter um padrão de vida elevado durante a aposentadoria é um sonho para muitas pessoas. Mas como atingir essa meta dependendo apenas da Previdência Social?


Na maior parte dos casos, contar apenas com o INSS resulta em uma redução drástica na renda mensal, comprometendo todo o planejamento para o futuro. Nesse contexto, a alternativa mais indicada é investir desde já em um Plano de Previdência Privada.


No artigo de hoje, vamos lhe explicar o motivo pelo qual investir em uma Previdência Privada garante que você consiga viver plenamente sua aposentadoria sem comprometer o seu orçamento. Continue lendo!


Previdência Privada PGBL ou VGBL?


Existem duas modalidades na previdência complementar: PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). O principal fator que influencia na escolha de um tipo ou de outro é a forma como o investidor realiza sua declaração de Imposto de Renda.


No PGBL, quem entrega a declaração completa conta com benefícios fiscais, como a redução tributária até o limite de 12% da renda bruta tributável. Ou seja, é possível investir na aposentadoria e economizar na hora de acertar as contas com o Leão.


Já o VGBL é a melhor opção para quem opta pela declaração simplificada do IR. Apesar de não contar com a dedução fiscal, a principal vantagem da modalidade é somente a rentabilidade do plano ser tributada.


Por que investir em um Plano de Previdência Privada?


Antes de iniciar seus aportes mensais com a previdência complementar, é muito importante definir o seu objetivo final e por quanto tempo você pretende assumir o investimento, além de qual o valor necessário para manter seu padrão de vida.


Com essas respostas em mãos, podemos prosseguir para as vantagens que só um plano de previdência privada oferece:


Benefício Fiscal de até 12% da renda bruta tributável


Vale ressaltar que os investidores que optam pela declaração completa do IR podem utilizar a soma das contribuições com a Previdência Privada ao longo do ano para obter a dedução fiscal no IR.


A boa notícia é que mesmo quem não investe em previdência complementar pode receber o benefício fiscal a qualquer momento do ano (o prazo final acontece no final de dezembro).


Incentivo aos investimentos


A previdência complementar é um ótimo incentivo aos investimentos. Ao criar o hábito de separar uma quantia fixa mensalmente para realizar os aportes, a organização financeira começa a fazer parte do seu cotidiano.


O planejamento das finanças é um verdadeiro desafio para muitos e, com a previdência privada, você tem mais um incentivo para avaliar melhor seus gastos, fontes de renda e investimentos.


Como começar a investir na Previdência Privada?


As recentes mudanças nas regras de aposentadoria preocupam muitos investidores que almejam continuar com um padrão de vida elevado na aposentadoria.


Pensando nisso, nossa equipe de especialistas da Mais Proteção Financeira está sempre à disposição para sanar todas as suas dúvidas sobre o tema.


Vamos realizar um diagnóstico financeiro completo para identificar qual é a modalidade mais adequada para o seu perfil de investidor e objetivos de vida.


Entre em contato e comece a investir na aposentadoria dos seus sonhos agora mesmo! Também estamos no Facebook, Linkedin e Instagram.


7 visualizações0 comentário

contato@maisprotecaofinanceira.com.br


(92) 3042-0874

(92) 99147-9068 | 99605-9292

Manaus | Amazonas | Brasil

Av. Jorn. Umberto Calderaro Filho, 455 | Cristal Tower, Sala 613
Adrianópolis | CEP – 69057 015
Manaus – AM

logo_ag.png

©  Mais Proteção Financeira | 2019 | Todos os direitos reservados.